domingo, 13 de novembro de 2011

ELE HÁ COISAS...

Já disse aqui vezes sem conta que quase nunca vejo televisão. Passo semanas seguidas sem sequer a ligar. Muito menos de manhã. Isso então é que não me lembro. Mas acabei de ligar. E está a dar um excerto da ópera Don Carlo, de Verdi, representada no São Carlos, que deu título a um texto que escrevi creio que em Setembro. A propósito de uma das cantoras desta peça que atendi, a Ana. E que voltei a atender há talvez uma semana e me disse que tinha voltado antes da data marcada porque tinha saudades de estar comigo...e a alegria por a ver talvez confirme a teoria de que já nos conhecemos dessa vida relacionada com a peça...

Peça que tem uma cena parecida com uma vida passada que vivi em Florença. Na quinta feira passada estive com uma pessoa que já não via há uns meses e quando reparei ela estava com uma pulseira que dizia "FIRENZE"...

E nesse dia, antes dela chegar, eu estava a falar com um amigo, sobre a Maria Flávia Monsaraz, uma astrologa conceituadíssima, e sobre uma questão que tinha relacionada com ela o meu amigo disse: quem deve saber isso é a Lurdes. Eu respondi: engraçado falares nela, porque ela deve estar mesmo aí a chegar. Devemos estar a falar de pessoas diferentes, disse ele. Não, não estamos, respondi. E passado um minuto ela chegou. E mais tarde quando estava a despedir-me dela chegou a Lurdes Jóia. Tendo em conta que num dos últimos texto falei na coincidência com a professora Lurdes...são muitas coincidências com muitas Lurdes...

Mas nesse dia, quinta-feira, as coincidências não se ficaram por aí: quando estava a falar da Maria Flávia Monsaraz pensei na Maria José Costa Félix que também é astróloga e muito conceituada. Num dos meus primeiros textos daqui até transcrevi umas frases do último livro dela. E nesse dia ao fim da tarde, quando ia entrar no metro e porta abriu, saiu à minha frente, vindo literalmente contra mim, a Maria José Costa Félix...fiquei atónita a olhar para ela...e ela com ar perdido à minha volta, parecia não saber que direcção tomar, esquerda ou direita, e eu a olhar...quase que perdia o metro...

Coincidências...sincronicidades...

2 comentários:

Lurdes disse...

Ele há coisas assim...
Acabei realmente por ver a Lurdes, que já nao a via há algum tempo, porque esteve fora e eu nao sabia...
E publico sting e Zucchero... LOL
Ele há coisas assim...
Astrologia...
Tudo se passou numa quinta-feira...
Nessa quinta-feira acabei por ficar na praia da Olinda cerca de 45 minutos, a olhar o mar, a sentir a maresia e a pensar como é bom estar perto DELE...
Um bj
Lurdes Jóia

Olinda Cristina disse...

Beijo grande Lurdes! Até já tenho saudades da "minha" praia...