quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

FADO DO AMOR MAIOR

Que eu saiba amar
No amor maior
Já sem enredos

Imune à dor
à dor de amor
além dos medos

medos que habitam
o coração
dentro de nós
e nos limitam
na ilusão
de estarmos sós

Maria Flávia de Monsaraz

3 comentários:

Lurdes disse...

Lindo...
Sincronismo. Incrivel...
Bj Gd

Lurdes disse...

Este poema transmitiu me o fado da verdade maior.
Nunca estamos sós... O medo é a ilusão que nos impede de crescer...
Que bom que é viver e amar... Como diz a Flávia sem enredos... Este é o maior dos segredos que está em nós...
Adorei!
Adorei!
Bj Gd por tudo o que nos ensinas e ajudas a descobrir.
Lurdes jóia

Olinda Cristina disse...

Beijo enorme :)